Quem nunca foi pega diante de um imprevisto? Ou, de uma surpresa? Pois bem, isto chama-se vida, na nossa vida eles sempre surgirão, mas, acredite para cada imprevisto pode haver um propósito, pode haver outra perspectiva.

Esses dias diante de uma gripe, tive que parar por uns dias em casa, não fui em missões, não fiz minhas atividades corriqueiras, e, como o nosso dia a dia é como o seu, cheio de demandas, tudo organizado e planejado para darmos conta das nossas missões, acabei precisando refazer meus planos.

Isso foi uma situação até que simples, mas que me fez pensar em tantas outras circunstâncias que precisamos nos reinventar.

Talvez, na sua vida você só precise parar um pouco, e, tudo bem, não precisamos ser a mulher maravilha todos os dias, sim, as nossas fragilidades servem para nos mostrar que somos gentes, temos um corpo que é matéria e biologicamente necessita de cuidados.

De fato, Deus nos deu dons incríveis, múltiplas capacidades, a mulher tem uma fortaleza de superar a dor,  afinal não é fácil passar por um período menstrual, enfrentar fortes cólicas, dor nas costas ou enxaqueca, no entanto, ainda sim temos a capacidade de cozinhar, mesmo sem apetite.

Capacidade de levantar da cama, ajeitar a casa,  a capacidade de cuidar e pensar nos outros que fazem parte do nosso convívio mesmo diante de um problema ( aqui não me limito somente em um problema de saúde, mas, de modo geral).

Deus nos criou  para cuidarmos e doarmos ao próximo.

Mas, isso não significa que não precisamos de pausas, elas também são sempre um momento de refletirmos e , sobretudo em nossa fragilidade encontramos uma força em Deus, é assim que o Apóstolo Paulo escreve ” Quando estamos fracos é que somos fortes”, porquê a força não está tanto no que fazemos, mas em nosso coração, na capacidade de lidar com as nossas próprias emoções.

Dentro disso, assisti um filme “Como estrelas na terra”, que frisa o quanto a fragilidade nos abre para a força,  e a encontrarmos um propósito maior,  ilustrando que ” você encontrará o seu propósito, aonde encontrar a felicidade.”

Aqui está o segredo da nossa vida, quando encontramos um propósito para viver, não dependemos das circunstâncias para sermos felizes, tudo se encontra um sentido, se estou triste, eu sei que essa tristeza não vai perdurar para sempre, se estou fraca, sei que logo renovarei minhas forças, se estou com medo, vou enfrentar e logo serei tomada pela coragem, se vier o desânimo, vou olhar para o alto, porque de lá vem o nosso socorro, e, que para aqueles que confiam no Senhor a esperança nutre a nossa alma, uma esperança que nos ajuda a se reinventar, a rezar, esperar, sonhar e a continuar escrevendo a sua história.

Deus abençoe!

Bruna Ferreira

Missionária da Comunidade Católica Alicerce

 

Comentários

Comentários