Cada vez mais feliz, não quer dizer “cada vez mais, com menos problemas” ou “menos desafios”; mas com certeza que você está cada vez mais próximo de Deus, até mesmo, mais íntimo.

São tantas as formas de buscar respostas para os questionamentos que nos acompanham ao longo da vida, no entanto, é muito claro que Nada é capaz de nos satisfazer por completo, a não ser a descoberta de que fomos criados, aliás, antes de criados, queridos; Deus sonhou conosco, com cada um individualmente.

E assim, percebemos que não estamos sozinhos, pois não cabe solidão na certeza de estar sendo olhado e cuidado pelo próprio Deus. Daí vem a coragem, de não mais se esconder ou sentir-se inferior, mas lançar-se a novas experiências, e descobrir que talentos temos, de que somos capazes.

Nós viemos do amor de Deus, portanto a capacidade do amor é a maior em nós! E a profundidade desse amor é extraordinária, desperta em nós a necessidade de experimentá-lo cada vez mais. E aí percebemos que quem persiste nesse amor, pode tocá-lo diariamente, e sempre de forma nova.

Deste amor é que vem a força, que por vezes parece ter esgotado; dele vem a alegria, que não substituí a tristeza, mas a conforta no tempo certo!, dele vem a esperança, que nunca morre, renasce.

O encontro pessoal com Cristo me levou a descoberta da minha vocação, e na vocação em me vi e me vejo preenchida, mesmo sabendo que há um longo caminho a ser percorrido, de aprendizado sobre mim mesma, de superação, de luta, no entanto, assim tenho a certeza de que serei sempre, completamente feliz! A cada dia, sorrio, de dentro para fora e de fora para dentro, pois me realizo no que sou, na vontade Deus para mim.

Na vontade de Deus para a sua vida está a sua felicidade, ao decidir-se por este caminho, em que Ele vem junto conosco, percebermos que não dá pra voltar atrás, pois Ele sempre irá nos dizer: “filho, Filha…continue!”.

Diante de tudo que você já viveu o(a) convido a ouvir o “continue” de Deus para você, e dê um passo para mais perto da felicidade.

Karina Ribeiro

Missionária da Comunidade Católica Alicerce

Comentários

Comentários