Sabemos que com a evolução dos tempos, muitas coisas se tornaram mais fáceis e mais rápidas, no entanto, não pode-se afirmar que tudo foi favorável, pois apesar da praticidade, percebe-se que também, perdeu-se a capacidade de viver a profundidade de cada situação.

Como tenho um temperamento sanguíneo, que traz em si esse paradoxo da agilidade e da falta de profundidade, preciso fazer um constante exercício para não viver simplesmente na superfície seja no meu auto conhecimento, na relação com o outro e com tudo que está em minha volta. Deixo aqui, até uma dica para você que tem esse temperamento, busque se aprofundar sobretudo, na sua história, em quem você é, para que assim, você consiga olhar para todos e para as situações de modo mais profundo , e , não dê respostas imediatas, que podem te comprometer lá na frente.

Digo que foi uma questão de tempo que me fez perceber que a pressa, que a ansiedade para dar e encontrar respostas rápidas, não me fizeram bem, pois, por vezes, percebi que se tivesse tido calma, teria encontrado soluções mais eficientes, ou, poderia ter evitado alguns desgastes emocionais,ou, até mesmo na relação com o outro.

O acúmulo de tarefas diárias que precisamos dar conta, o excesso de informações que chega até nós através do celular, tem nos distraído, fazendo-nos gastar nosso tempo, sendo que uma das frases mais proferidas hoje é ” Não deu tempo”, ou ,” não tenho tempo.” Pois bem, na verdade é que falta tempo para perceber o que é essencial na descoberta do ser!
No salmo 32 no versículo 18 diz que ” Os olhos do Senhor estão pousados sobre aqueles que o teme, antes disso, diz ainda: ” Do alto da sua morada observa todos os habitantes da terra.” Essa é uma verdade que precisamos assumir para nos ajudar a viver melhor!

Saber, que o próprio Deus olha para nós, deixe esse olhar te conduzir, deixe ser guiada por Deus, e, no meio da sua solidão deixe Ele revelar a grande mulher que você é!
Portanto, não perca tempo com situações que simplesmente te deixam mais vazia, mas, olhe para o alto, busque aquietar seu coração em Deus, e, ao invés de encontrar desespero você encontrará esperança, ao invés de encontrar frustração você encontrará recomeços, ao invés de você encontrar destruição você encontrará muitas possibilidades que te levantarão como uma mulher capaz de enfrentar as situações de sua vida, e, assim tenha o seu coração sempre ao alto, não acostumando com migalhas, pois, nós nascemos para buscar as coisas do alto!

” Tenha o coração sempre ao alto, sempre alegre, que o espírito seja leve.” ( São Pedro Julião)

Deus abençoe

Bruna Ferreira

Missionária da Comunidade Católica Alicerce

Comentários

Comentários