Não são poucas as vezes que temos a necessidade de sermos olhadas naquilo que realmente somos, de sermos olhadas em nossas necessidades, de sermos olhadas com atenção e compaixão.

É claro, que isso é possível de ter, mas, existe uma pessoa que nos revela esse verdadeiro olhar, que em diversos momentos saiu de si para ir ao encontro de muitas mulheres que precisavam ser curadas em sua essência, em suas almas.

Esse olhar é capaz de nos devolver de quem somos, esse olhar nos faz descobrirmos a nossa dignidade de ser mulher, esse olhar nos tira das margens de tantas coisas negativas que já ouvimos e falamos, que já sentimos e já fizemos, que já perdemos e decepcionamos.

Esse olhar nos é mostrado em tantos encontros que Jesus teve com as mulheres que os Evangelhos narram! Quem não se lembra daquela mulher que fora pega em adultério e todos queriam apedrejá-la? Aquela mulher que há 12 anos sofria de um fluxo de hemorragia? Aquela viúva de Naim, que perdera tudo o que possuía de mais valioso? Ou, a mulher que samaritana? Todas elas encontram no olhar do Cristo o motivo para recomeçar, todas elas tiveram suas dignidades de volta, todas elas experimentaram da misericórdia que as impeliu a viver a vida reescrevendo uma nova história.

Essa experiência todas nós podemos fazer diariamente, sobretudo, nos momentos mais difíceis quando nos perdemos por conta das decepções, por conta do abandono, pela falta de atenção, pela falta de saber quem somos.

Sim, há 11 anos faço essa experiência de me deparar com o olhar mais sincero que alguém poderia ter, esse olhar misericordioso que consegue alcançar a minha alma.

A partir do olhar de Jesus nós mulheres podemos fazer essa experiência verdadeira, que nos faz florescer, crescer e olhar o mundo de forma mais bela.

Afirmo com todas as letras que esse olhar que hoje me conduz faz toda diferença em minha vida, em minhas decisões, em tudo o que sou.

Se hoje sou uma mulher que enfrenta meus medos, se hoje consigo administrar a ansiedade sem nenhum remédio, se consigo lidar com as frustrações e decepções é porque soube ser olhada de uma maneira plena que me revelou quem realmente eu poderia ser.

Quero lhe deixar esse convite,  se hoje você está precisando de um olhar, de um sentido para recomeçar, para se levantar desse desânimo, permita-se encontrar com esse olhar divino, permita com que Ele te cure e revel o verdadeiro valor que você tem. ” Todo aquele que beber desta água tornará a ter sede, mas, o que beber da água que Eu lhe der, jamais terá sede. A água que Eu lhe der virá a ser fonte de água que jorrará até a vida eterna.” (Jo 4, 13-15)

Essa é a água que o nosso coração de mulher precisa, uma água que nos purifica e nos coloca de pé para enfrentarmos os desafios da vida!

O próprio Cristo nos é essa fonte de água inesgotável que nos ama com um amor incomparável!

Deus te abençoe

 

Bruna Ferreira

Missionária da Comunidade Católica Alicerce

Comentários

Comentários