Estamos vivendo uma crise

a-atual-situacao-economica-brasileira

Nós brasileiros estamos vivendo uma crise, me parece que, sem precedentes. Tenho 56 anos e já vivi outros tempos de crise, mas este me causa maior espanto. Digo isso porque outras crises econômicas e políticas já vivemos. Lembro-me de um tempo em que a inflação chegou a 80% ao mês (anos 80 e 90) e 2015 fechamos com pouco mais de 10%. Então crise econômica, já passamos por pior. Em 1992 depois de um processo de impeachment do então presidente da república Fernando Collor de Melo tivemos sua renuncia. Uma grande crise política e outras tantas. Mas agora a gravíssima crise econômica e política que atravessamos são pura consequência da crise Moral e Ética que vivemos. Se olharmos bem, em nossa volta, tudo cheira corrupção. Uma sociedade que perdeu seus devidos valores. Uma população que se corrompe e se deixa corromper. Ah, mas você pode me dizer: “São os políticos que são os corruptos desse país”. É claro que devido aos meios de comunicação temos acesso fácil a corrupção dos políticos, que ao invés de servir, como manda o significado da palavra política, se servem do poder. Mas e os pequenos atos corruptos que cometemos no nosso dia a dia. Corromper é tornar ilícito aquilo que deveria ser lícito, ou seja, contrário a moral e aos princípios do direito. Um troco a mais que recebemos na padaria ou supermercado. Uma vaga especial de estacionamento que estacionamos, um papel que jogamos na rua, uma vantagem que levamos comprando algo bem mais barato, sem sabermos a procedência do produto. E por ai vai. Quantas pequenas coisas do nosso dia a dia que faz com que aos poucos vamos distorcendo os valores morais e éticos de uma sociedade. Se começarmos a mudar nossos hábitos a partir de pequenos gestos conquistaremos grandes feitos.
Não estou aqui para fazer um comentário político ou econômico. Estou aqui para uma reflexão de um verdadeiro Cristianismo, que pela sua força pode sim mudar um comportamento de uma nação, para o bem estar comum. Ser Cristão é lutar por uma sociedade justa embasada nos princípios Morais e Éticos. O Evangelho nos leva a vivermos com responsabilidade nosso batismo que exige santidade. E santidade passa por uma vida digna. Nosso carisma Alicerce nos impulsiona e nos leva a despertar na sociedade essa direção Cristológica. Uma sociedade só será justa e sem corrupção se todos viverem a partir dos valores Morais e Éticos. “Tudo o que vocês desejam que os outros façam a você, façam vocês também a eles”. Mt 7, 12.
Deus abençoe.

José Mauricio Ferreira dos Santos
Fundador e Moderador da Comunidade Alicerce

Oração do ano da Misericórdia

logo-ano-misericordia

No dia 8 de Dezembro se iniciou o ano da Misericórdia, ano este em que devemos ser Misericordiosos assim como o Pai é misericordioso conosco

A data escolhida por Francisco para iniciar o ano da Misericórdia  é significativa. Em primeiro lugar, aponta para a experiência de misericórdia vivida por Maria Santíssima. “Depois do pecado de Adão e Eva, Deus não quis deixar a humanidade sozinha e à mercê do mal. Por isso, pensou e quis Maria santa e imaculada no amor, para que Se tornasse a Mãe do Redentor do homem”, disse o Papa. “Perante a gravidade do pecado, Deus responde com a plenitude do perdão. A misericórdia será sempre maior do que qualquer pecado, e ninguém pode colocar um limite ao amor de Deus que perdoa.

Para que possamos de forma profunda vivenciar esse ano rezemos Juntos a Oração dedicada ao ano da Misericórdia:

“Senhor Jesus Cristo,
Vós que nos ensinastes a ser misericordiosos como o Pai celeste, e nos dissestes que quem Vos vê, vê a Ele.
Mostrai-nos o Vosso rosto e seremos salvos.
O Vosso olhar amoroso libertou Zaqueu e Mateus da escravidão do dinheiro; a adúltera e Madalena de colocar a felicidade apenas numa criatura; fez Pedro chorar depois da traição, e assegurou o Paraíso ao ladrão arrependido.
Fazei que cada um de nós considere como dirigida a si mesmo as palavras que dissestes à mulher samaritana:
Se tu conhecesses o dom de Deus!
Vós sois o rosto visível do Pai invisível, do Deus que manifesta sua onipotência sobretudo com o perdão e a misericórdia: fazei que a Igreja seja no mundo o rosto visível de Vós, seu Senhor, ressuscitado e na glória.
Vós quisestes que os Vossos ministros fossem também eles revestidos de fraqueza para sentirem justa compaixão por aqueles que estão na ignorância e no erro: fazei que todos os que se aproximarem de cada um deles se sintam esperados, amados e perdoados por Deus.
Enviai o Vosso Espírito e consagrai-nos a todos com a sua unção para que o Jubileu da Misericórdia seja um ano de graça do Senhor e a Vossa Igreja possa, com renovado entusiasmo, levar aos pobres a alegre mensagem proclamar aos cativos e oprimidos a libertação e aos cegos restaurar a vista.
Nós Vo-lo pedimos por intercessão de Maria, Mãe de Misericórdia, a Vós que viveis e reinais com o Pai e o Espírito Santo, pelos séculos dos séculos.”
Amém

 

Somos chamados a viver de misericórdia, porque, primeiro, foi usada misericórdia para conosco.” Papa Francisco.

Busquemos a Promessa de Deus em Nossas Vidas!

tumblr_lrtzxwUn2L1qhz2pwo1_500

Início de ano, momento de promessas, de planos e metas, muitos contam os segundo para a virada do ano, para deixar pra trás tudo o que não deu certo, o que trouxe tristezas ou que decepcionou… Mas o que a mudança de um número pode influenciar em nossas vidas se dentro de nós não existir esse desejo, essa disposição?
Todos os planos, sonhos, metas e desejos são válidos para um novo ano, aliás, são necessários para que nossa vida seja organizada, com perspectivas e motivação, mas a motivação maior deve ser Jesus Cristo, pois é Ele quem pode dar sentido a tudo o que vivemos, caso contrario viveremos uma incansável busca de realizações em nossas vidas, que nos tornarão pessoas frágeis e vazias, cansadas e muitas vezes derrotadas, ansiosas para o final do ano, para que possamos replanejar nossas vidas e recomeçar nossa luta.
Portanto não depositemos somente na mudança de ano todas as nossas expectativas, depositemos nossa esperança Naquele que pode dar sentido a todas as coisas, inclusive nos sofrimentos, decepções e tristezas que certamente viveremos no decorrer deste ano, mas que serão para aqueles que assim decidirem viver, motivo de glorificar e agradecer a Deus, principalmente neste ano em que temos a graça de vivenciar de modo tão profundo a misericórdia do Pai, “Confiaremos a vida da Igreja, a humanidade inteira e o universo imenso à Realeza de Cristo, para que derrame a sua misericórdia, como o orvalho da manhã, para a construção duma história fecunda com o compromisso de todos no futuro próximo. Quanto desejo que os anos futuros sejam permeados de misericórdia para ir ao encontro de todas as pessoas levando-lhes a bondade e a ternura de Deus! A todos, crentes e afastados, possa chegar o bálsamo da misericórdia como sinal do Reino de Deus já presente no meio de nós” (Misericordiae vultus – Bula do jubileu extraordinário da misericórdia).
Busquemos a promessa de Deus em nossas vidas, temos um ano inteiro pela frente para deixarmos rastros de santidade, para testemunharmos uma luta que não será em vão, para proclamarmos a vitória de Deus nos momentos de quedas e derrotas, enfim…temos uma vida inteira pela frente, não podemos reduzir uma vida de graças em uma simples mudança de ano. Deus abençoe!

Amanda Barbosa da Costa
Missionária da Comunidade Alicerce