“ Cada vez que nós comungamos, mais nos assemelhamos a Jesus, mais nos transformamos em Jesus. ” (Papa Francisco)

Com esta frase do Papa em uma de suas homilias sobre a Santa Missa, gostaria de refletir com você a consequência da celebração do “Corpus Christi”; Saber a origem desta celebração é importante e nos traz até o dia de hoje, mas gostaria trazer neste momento o questionamento: o que significa pra mim e pra você a celebração de hoje? Apenas um feriado?! Um preceito?! Uma devoção?! SIM, é também tudo isso, porém não podemos reter tamanha Graça que é a possibilidade de celebrarmos o Corpo daquele que se entregou e deu sua vida por nós!

Com a encarnação, Deus quis vir até nós e nos deu a possibilidade de compreender o Seu agir em nossas vidas, com a Morte de Cruz nos revelou Seu Amor incondicional e na ressurreição DEUS quis nos Salvar! A celebração da Eucaristia nos possibilita reviver cada um destes momento HOJE nas nossas vidas, nos possibilita trazer à nossa realidade a presença Real do próprio Cristo, pela ação da Graça Divina e pela nossa adesão de fé!

Comungar o Corpo de Cristo, deve ser para cada um de nós a possibilidade de nos transformarmos, a possibilidade de continuarmos a missão que Jesus iniciou, que a celebração de Corpus Christi, nos impulsione a irmos ao encontro dos mais necessitados, a sairmos do nosso comodismo, a refletirmos sobre as nossas atitudes e comportamentos, que nos leve a uma reflexão  profunda capaz de mudar as nossas vidas, que a comunhão com Cristo na Eucaristia nos lance para fora de nós mesmos e nos faça, por livre adesão e por ação deste Amor incondicional, ser transformados em Cristo! Para que neste mundo onde a corrupção, o egoísmo e a indiferença tem reinado, nós possamos ser e fazer a diferença, que possamos permitir com que o Projeto de Deus aconteça em nossas vidas e que possamos ser resgatados naquilo que temos de mais importante em nós: a nossa identidade de filhos amados de Deus!

Amanda Barbosa da Costa

Missionária da Comunidade Católica Alicerce

Comentários

Comentários