“A cura do nosso coração.”

Todas nós em algum momento da vida já fomos feridas, e, com o passar do tempo elas não podem ser esquecidas.

As feridas precisam se cicatrizar e isso depende exclusivamente da nossa vontade de fazer com que elas possam se curar.

A cura não depende do tempo, mas de um coração disponível para acolher a graça de uma nova história para recomeçar.

Somos feitos dos recomeços, dos avessos, que a dor pode nos mostrar, e, revelar que sim, somos capazes de suportar e deixar-se curar.

Nosso coração se renova no encontro com Deus que transforma, nos liberta de todas as prisões que ao longo da nossa história vão surgindo.

Ninguém está imune de não ter um coração ferido, pode ser por uma decepção amorosa, uma traição de amigos próximos, a perda dolorosa de um ente querido, um sonho desmoronado.
Eu diria que isso é simplesmente a vida acontecendo, mas, esta realidade eu reconheço que no momento que passamos, a vontade é ser dona do tempo, e, fazer com que ele voe, e, leve embora toda dor e desanimo.

No entanto, fugir não ajuda em nada, o que nos salva , é a coragem de mergulhar não na dor, mas, de aprender que Deus não quer o nosso mal, mas, Ele desce nesse mal para nos fazer um bem infinitamente maior e melhor.
E, nesse encontro do nosso coração fragilizado com o Coração Sagrado, é que de fato ele é transformado.
Permita hoje, que tudo o que há em ti seja transformado, permita com essa ação poderosa do amor de Deus invada a sua vida, e, lhe traga uma nova esperança.

Olhe para o Céu, contemple a beleza da criação, e, perceba como você faz parte dessa perfeição.
Não significa que você não cometa erros, mas, que eles não te definem, você pode a cada dia ser uma mulher melhor, exalando feminilidade, amor e bondade.

E, nessa doação, mesmo quando tudo diz contrário, te querendo lançar para a indiferença, responda com a leveza de que sabe que no doar, encontramos a via para amar, e, no amar, surge uma profunda oração, o desejo, de finalmente, ter um coração curado.
 
Deus te abençoe.
 
Missionária – Bruna Ferreira

Gostou? Compartilhe:
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *