dolorosa02

Nossa Senhora das Dores, também chamada Nossa Senhora da Piedade,é o título que nos lembra da participação ativa de Maria na obra redentora e nos sofrimentos de Jesus Cristo, como podemos ver nos evangelhos: a profecia do Velho Simeão, a fuga para o Egito, a perda de Jesus no Templo de Jerusalém e por fim, Jesus na cruz.

O Papa Pio VII introduziu a memória a Virgem Mãe das Dores no calendário romano em 1814 e o Papa Pio X a estabeleceu no dia 15 de setembro em 1913, logo após a festa de exaltação a Santa Cruz.

O povo sofrido se identifica com a Virgem das Dores, pois está constantemente em contato com as “dores” da vida. São consolados e fortalecidos pelo seu exemplo, pois sabem que o sofrimento é caminho para a glorificação. Nossa Senhora nos amou a tal ponto que, para nosso bem, aceitou que seu Filho Unigênito fosse sacrificado no alto do Calvário.

Fonte: A12.com

Comentários

Comentários